AfD CENSURA DECLARAÇÕES NEO-NAZSTA
 

 


Executiva do AfD repreende André Poggenburg pela frase “Alemanha para os alemães”

Por Berliner Morgenpost


Berlim, 26 de junho de 2017 


Declarações nacionalistas de André Poggenburg em um chat interno do AfD teve consequências. É provável que ele tenha apelado a um slogan do partido radical NPD.

A presidência do AfD repreendeu o líder do partido no estado de Magdeburg, André Poggenburg, devido a declarações nacionalistas em um grupo de chat da internet.

Na segunda-feira, durante a realização de uma videoconferência da presidência nacional do partido, foi comentado que mensagens Andre Poggenburg fazia alusões a respeito da "necessidade de uma ampliação no aprimoramento de cuidados sobre  as fronteiras externas da Alemanha". No momento, as mensagens estão sendo analisadas.

Poggenburg em outras passagens escreveu: "A Alemanha para os alemães", fazendo uma alusão a um slogan do partido NPD.

Poggenburg foi criticado pela gafe, mas os participantes do chat não tomaram providências. A polícia federal alemã, também analisa possíveis consequências contra funcionários públicos que escreveram durante o chat do qual Poggenburg participava.

Declaração de advertência partiu de Alice Weidel e Alexander Gauland

A deliberação do caso foi unânime. Uma declaração de advertência foi dada pelos dois candidatos do partido à chanceler da Alemanha, Alice Weidel e Alexander Gauland. Poggenburg pertence à Executiva Federal do partido e trabalha como assessor. Caso ocorram novas advertências, será aberto um processo de expulsão do partido contra ele. O histórico do polêmico chat foi publicado na semana passada, através de um link num site na internet.

A Associação Estadual do AfD, em Mecklenburg-Vorpommmern, já advertiu uma vez o seu vice-presidente Ralph Weber, devido ao uso indevido de formulários. Ele provocou sérios problemas à imagem do partido.

 A expressão "Alemanha para os alemães" é um conhecido grito de guerra do NPD, partido conhecido como sucessor do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, ou simplesmente, o Partido Nazista.

Tradução: Márcio Alexandre