CARTA ABERTA DE GENERAIS DA RESERVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO
 

 

       ALERTA AOS HOMENS E ÀS MULHERES DE BEM      
                            

INVERSÃO DE VALORES E DESLEALDADE

A carreira militar cobra dos seus integrantes sacrifícios e um conjunto de valores e de qualidades que nenhuma outra o faz. Assim, a par da liderança exercida e do compromisso de dar a vida, se necessário for, pela Pátria, ter coragem física e moral, cultuar a verdade e a lealdade para com os chefes e subordinados e para com aqueles que são os detentores da soberania da Nação, a população brasileira, é questão de honra.

Hierarquia e disciplina, nas questões da caserna, são fundamentais, porém, em se tratando da Nação, quando está em jogo o seu destino, esta não admite o silêncio obsequioso da disciplina e da hierarquia, quando, por motivos outros, a visão da realidade foge aos chefes e a Nação sangra. Há que enfatizar que acima de qualquer homem estão os interesses nacionais. O compromisso maior do militar é para com a sua Nação!

Nós, abaixo subscritores deste documento, no momento atual em que o País passa por severa crise econômica, política e psicossocial, tendo como base intensa crise ética, moral e cívica, que permeia o governo e quase todas as instituições, ocupados e dirigidos por malfeitores que deles se apossaram, tendo em vista as considerações acima, temos a convicção de que o General de Exército Mourão, pela sua postura, cultura, firmeza de caráter, coragem física e moral, já sobejamente mostradas e comprovadas, bem como sua capacidade de liderança no meio militar e também civil, está a altura dos graves momentos que vivemos no Brasil.

Entretanto, por ordem de quem deveria estar respondendo a processo por acusação de realizar malfeitos e por obstrução à Justiça, buscando a impunidade por meios condenáveis ao fazer do governo balcão de negócios, constranger o General Mourão, exonerando-o da função que exercia, após realizar palestra, devidamente autorizado,  durante a qual falou verdades e somente verdades, esclarecendo a população, é inaceitável.

Tal fato traduz inversão de valores consagrados, desde os tempos dos bancos escolares das escolas militares: a verdade (estampada nos jornais) deve ser proibida e a lealdade para com a Nação, obrigação do militar que a Ela se dedica primeiramente, deve ser suprimida. Essa é uma indignidade que não se coaduna com o caráter e a formação do General Mourão e ofende mulheres e homens de bem que o têm como um exemplo a seguir.

Surpreende a aceitação passiva de tal injustiça por aqueles que teriam a obrigação de indignar-se pela afronta concretizada a quem preza e cultua valores, hoje, tão deteriorados em setores da vida nacional responsáveis pela condução do País.

Ao general Mourão a nossa continência respeitosa e a nossa admiração!
        

Prisão para os corruptos que desgraçam a Nação brasileira !
 
Assinam:
         Gen Marco AntonioFelicio da Silva
Gen  Sylvio Imbuzeiro
Gen Synésio Fernandes
 
Obs : Aqueles que o desejarem, poderão apor sua assinatura a este documento, em apoio ao Gen Mourão, por meio do e-mail averdadesufocada@terra.com.br
 referente ao site do mesmo nome ou, ainda, como comentário através do LINK:    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=312619119239691&id=260519...