AGENTE NORTE-COREANO DETIDO NA AUSTRÁLIA
 

 

Agente norte-coreano quis vender componentes de mísseis na Austrália

DER SPIEGEL

17 de dezembro de 2017

Australische Polizisten

A polícia australiana deteve um importante agente secreto norte-coreano, nos arredores da cidade de Sydney. Ele queria revelar segredos da tecnologia de mísseis norte-coreanos no mercado negro, lucrando milhões para o regime de Pyongyang.

Um suposto agente secreto norte-coreano foi preso essa semana na Austrália. Segundo a polícia do país, um australiano de 59 anos de descendência coreana, pretendia vender partes e tecnologia de mísseis no mercado negro. A intenção do homem era contornar as sanções econômicas internacionais e gerar milhões para o regime de Pyongyang.
De acordo com a polícia australiana, o homem possuía ligações com os mais altos funcionários do governo norte-coreano. Durante interrogatório realizado, o homem disse que estaria previsto por Pyongyang, a construção de uma unidade de lançamentos de mísseis, o fornecimento de projetos, partes, softwares e suporte técnico. 
O porta-voz da polícia da australiana, afirmou que nunca aconteceu um caso semelhante na Austrália. O agente norte-coreano preso pode ser condenado em até 10 anos de prisão.

Até 10 anos de prisão
 

O suspeito foi detido no sábado, no subúrbio de Sydney. A polícia chegou ao homem, depois de receber denúncias e dicas de um país aliado, afim de que ocorresse a aplicação das leis australianas. O país em questão, não foi revelado e  o mesmo, já estava procurando pelos rastros desse agente há algum tempo.
O primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, disse que a prisão do agente norte-coreano foi muito importante e chamou a Coréia do Norte de um regime perigoso, temerário, criminoso, além de ameaçar a paz na região asiática.

Tradução - Márcio Alexandre: http://www.ma-traducoes.webnode.com/